sudo yum install newrelic-php5 sudo newrelic-install install
quinta-feira , 21 setembro 2017
Sem mãos: conheça o músico e figuraça Mark Goffeney

Sem mãos: conheça o músico e figuraça Mark Goffeney

RamonaMainstageBigToe2011BT ProfileNo passado, pessoas que não tinham algum membro, ou qualquer outra diferença estrutural que chamasse atenção seria parte de atrações circenses, contudo, o processo de inclusão que estamos construindo nas últimas décadas tem permitido cada vez mais que as diferenças sejam vistas apenas como diferenças, não mais como bizarrices. Contudo, não deixa de impressionar conhecer pessoas que realizam feitos notáveis com corpos estruturados de forma distinta da maioria. Artistas que pintam com a boca ou os pés, como Christy Brown, imortalizado no filme “Meu pé esquerdo”, emocionam com suas histórias de superação. É o caso de Mark Goffeney, o Big Toe (Dedão), um músico californiano sem nenhum dos braços que toca guitarra e faz tudo o que fazemos com as mãos usando os pés (por isso o apelido de Dedão).

Nascido em 1969, em San Diego, em uma família de músicos, crescendo com skatistas, surfistas, Mark conta em entrevistas que desenvolveu-se, mesmo sabendo a diferença em relação aos outros, de forma normal, particularmente pelo apoio de todos que o rodeavam, criado sem frescura, como qualquer outra pessoa. No documentário ao final deste artigo, há trechos de vídeos dele criança, jogando basquete, tocando trompete, dirigindo e comentando com muito bom humor a reação que a sociedade sempre teve em relação à sua condição.

Já postamos aqui um artigo com a palestra revolucionária de Stella Young: Um novo olhar sobre a normalidade, que começa com a frase: “Eu não sou sua inspiração, muito obrigada.” Como comentado no artigo, “sua luta é por reescrever o sentido de normalidade, passando a incluir cadeirantes, deficientes auditivos, visuais, permitidos de viver suas vidas sem que precisem provar que cada gesto seu é superação.” O mesmo acontece com Dedão, cuja história de vida enriquece sua arte, mas seu reconhecimento é genuíno por conta de seu talento.

Dedão já teve banda, com composições próprias, de Hard Rock, bem no auge do movimento, com bandas como Ratt, Mötley Crüe, Dokken, Whitesnake, com seus cabelões, brincos, calças coladas e visual andrógino. Contudo, acabou se notabilizando como artista solo, tocando em praças, nas ruas, apresentando-se em auditórios para públicos de todos os tamanhos. Mais que aceito como alguém que se supera, Mark é reconhecido como músico talentoso e pronto! muito graças ao tratamento que dá à qualquer deferência que receba, com muito bom humor e auto-confiança. Conheça-o:

Com sua banda Wicked Misfit (Rock and Roll Junkie)

“Hands Free: Mark Goffeney” – mini-documentário feito pelo videomaker americano Ross Angeles (http://rossangeles.net/)

 

Veja também o artigo sobre inclusão com a palestra de Stella Young: Um olhar sobre a normalidade

Sobre Adriano Dias

Adriano Dias é um dos idealizadores do projeto, articulista e mergulhador no "mar de signos" em busca de formas curiosas e relevantes de cultura. Também leciona literatura, gramática e técnicas de redação como profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top
sudo rpm -Uvh http://yum.newrelic.com/pub/newrelic/el5/i386/newrelic-repo-5-3.noarch.rpm