sudo yum install newrelic-php5 sudo newrelic-install install
segunda-feira , 26 fevereiro 2018
Procrastinação: a um passo da felicidade

Procrastinação: a um passo da felicidade

É comum em determinados momentos da vida adiarmos uma tarefa ou compromisso para amanhã, semana que vem ou até mesmo para o próximo ano. A chegada de um filho, problemas de saúde e mudanças repentinas exigem a postergação de determinadas ações sem deixar-nos escolha, mas o hábito de “empurrar as coisas com a barriga” constantemente, é motivo de alerta ! Veja o filme abaixo e perceba o quanto se identifica:
A procrastinação vai além de simplesmente deixar para amanhã algo que não podemos fazer hoje. A origem da palavra vem do latim procrastinatus: pro (à frente) crastinus (de amanhã), usada para caracterizar aquele que evita ou adia determinadas ações e por ser um fator que traz transtornos à vida do indivíduo tem sido tema de pesquisa de vários campos da ciências.
O autor David Allen, criador do método G.T.D, “Gentting Things Done” ou “fazendo as coisas acontecerem”, afirma que as principais causas estão relacionadas à ansiedade e à preguiça emocional. Pesquisas médicas mostraram que lesões e baixa utilização do córtex pré-frontal, reduzem a capacidade de um pessoa filtrar estímulos que causam distrações. Muitos diagnosticados com T.D.A.H. (Deficit De Atenção com Hiperatividade) também sofrem de procrastinação, muitas vezes sendo intitulados como irresponsáveis ou pessoas confusas.
Eu sei que dá vontade de ligar em um neurologista para ver se aquele velho projeto engavetado está sob a influência de um mau funcionamento fisiológico, mas antes de marcar a consulta, é bom lembrar que, tradicionalmente, esse tipo de postergação está bem mais associada a fatores psicológicos, dentre eles, o perfeccionismo, que é uma tendência constante e exagerada de alcançar a perfeição, somado à depreciação dos próprios resultados.

A procrastinação não reconhecida e devidamente tratada pode, sim, empurrar nossa felicidade e realização pessoal para amanhã. Sintomas como stress, sentimentos de culpa, pouca produtividade e sensação de vergonha perante os outros pode indicar procrastinação crônica. Veja algumas atitudes que afastam a procrastinação:

1. Escreva claramente seus objetivos.
2. Priorize atividades de maior impacto.
3. Fixe horários para envolver-se com seus projetos diariamente.
4. Coloque prazo de conclusão para atividades importantes.
5. Motive-se, pense nos benefícios que uma atividade concluída pode
Além das dicas acima, recursos para acabar com essa vilã que tanto nos atrapalha estão à disposição, em forma de exercícios diários, um bom terapeuta, acompanhamento médico (no caso de T.D.A.H), cursos, filmes, palestras sobre produtividade e uma vasta publicação de livros sobre o tema. Uma boa reflexão e simples providencias podem sincronizar nossa felicidade com o dia de hoje.  Afinal, para quê acabar com a procrastinação amanhã se podemos pôr um fim nela hoje?
O filme a seguir traz um pequeno e fácil exercício para deixar de lado a procrastinação, vale a pena conferir!

Sobre Catarina Basso Carvalho

Catarina Basso Carvalho é professora de musicalização infantil, empresária, massoterapeuta e profunda investigadora dos meandros do espírito humano. Motivada pela bem aventurança social, compartilha sua busca em forma de palavras, projetos e ideias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top
sudo rpm -Uvh http://yum.newrelic.com/pub/newrelic/el5/i386/newrelic-repo-5-3.noarch.rpm