sudo yum install newrelic-php5 sudo newrelic-install install
segunda-feira , 23 outubro 2017
O mais incrível livro da história

O mais incrível livro da história

imagesEntre 1976 e 78 o artista Luigi Serafini criou o livro mais absurdo da história, seu CODEX SERAPHINIANUS.

Publicado apenas em 1981, com 5 mil cópias, a enciclopédia imaginária virou item de colecionador, encantou e espantou o mundo das artes e fundou uma legião de misteriomaníacos buscando sua decodificação. O livro tem 400 páginas totalmente absurdas, composto no formato de uma enciclopédia (tipo Barsa medieval) ao estilo Renascentista, com seções destinadas a botânica, fauna, microorganismos, sociedade e máquinas. É uma compilação de delírios surrealistas cuidadosamente desenhados e organizados como vernáculos.

Man-Woman-Alligator-in-the-Codex-Seraphinianus1Clique aqui para ver uma galeria com 38 imagens das páginas do livro

Durante o início da Idade Média, os rolos de pergaminhos foram sendo substituídos por livros escritos a mão, em geral por monges copistas, chamados Codex. Hoje são objetos de culto quase místico, pois parte significativa do acervo dessas preciosidades responde pela evolução do conhecimento científico, com estudos e desenhos sobre seres já extintos, outros tantos se dedicavam a expor os saberes dos alquimistas, dos sábios orientais, de seres fantásticos, mitológicos, ou seja, uma compilação incrível do mundo imaginário desse período. Como os livros eram feitos a mão, estes trabalhos adquiriam um caráter artístico.

Ilustração medieval Um dos trabalhos mais impressionantes ainda está envolto em mistério. Trata-se do Códice de Voynich, um manuscrito datado de meados do século XIV (mil trezentos e pouco) cuja linguagem ainda não foi decodificada e, talvez, nunca seja. Consta no livro imagens que remetem à Botânica, Astronomia, Fauna e Farmacologia.

Durante séculos esse manuscrito e acerca de quase todo o acervo existente em mosteiros europeus atraiu a obsessão de caçadores de mistérios. Há estudiosos e curiosos de todas as áreas envolvidos na busca de desvendar os mistérios medievais como a localização do Éden, uma fauna fantástica (como a imagem ao lado), fórmulas alquímicas de criação de homúnculos, transformação de metais em ouro, elixires de vida eterna e poções do amor.

O fascínio pelo aspecto místico e misterioso desses manuscritos talvez tenha tirado a devida atenção ao aspecto estético de tais obras, desde a grafia gótica até as ilustrações características, sem deixar de mencionar a capacidade criativa dos medievos em retratar seres e lugares nunca vistos, apenas por relatos orais. O CODEX de Serafini é uma magnífica brincadeira de ser medieval, de desenhar cada letra, esquadrinhar um mundo de sonhos, catalogar imaginariamente os seres e o cotidiano do que só existe em sua incomensurável fantasia.

CapturarEm pensar no insano trabalho de 30 meses do artista criando cada planta absurda, aves e peixes estranhos, máquinas impossíveis, entre páginas apenas manuscritas de uma caligrafia bela e inútil em termos de significado (exceto o estético) é de deixar qualquer um pasmo. Mestres como Ítalo Calvino, Roland Barthes, Federico Fellini, Tim Burton John Cage viraram entusiasmados admiradores dessa obra única.

Luigi Serafini não faz a menor questão de desmentir ou participar de qualquer polêmica sobre possíveis significados místicos sobre sua obra, embora sempre tenha afirmado tratar-se de um livro estético, uma enciclopédia inventada com um idioma inventado, sem nenhuma pretensão de veracidade. O italiano é apenas, mas não pouco, um artista dos mais relevantes de todos os tempos, podendo figurar ao lado de gênios da imaginação como Da Vinci, Dante Alighieri, Fellini e qualquer um dos surrealistas da década de 30.

Serafini é um romano nascido em 1949, trabalha como arquiteto e designer, tem um atelier de cerâmica e costuma fazer exposições de seus trabalhos recentes pela Europa, particularmente na Holanda. Não se esconde, não evita a imprensa, embora não seja tão importunado como merecia, contudo, sempre quando questionado sobre sua intrigante enciclopédia, nada acrescenta de novo, deixando os místicos mais convictos dos mistérios que estão perseguindo e os céticos mais convencidos de que realmente não passa de uma grande obra sacana de fantasia.

Abaixo segue um link com o livro todo em PDF, caso haja interesse:

http://www.cetteadressecomportecinquantesignes.com/Luigi.Serafini.-.Codex.Seraphinianus.pdf

Sobre Adriano Dias

Adriano Dias é um dos idealizadores do projeto, articulista e mergulhador no "mar de signos" em busca de formas curiosas e relevantes de cultura. Também leciona literatura, gramática e técnicas de redação como profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top
sudo rpm -Uvh http://yum.newrelic.com/pub/newrelic/el5/i386/newrelic-repo-5-3.noarch.rpm