sudo yum install newrelic-php5 sudo newrelic-install install
segunda-feira , 19 fevereiro 2018
A fantástica fábrica de heresias de Raphael Bertazi

A fantástica fábrica de heresias de Raphael Bertazi

Direto de Pirassununga, Raphael Bertazi compila mixagens das mais inesperadas, com resultados tão incríveis que têm alcançado um público cada vez maior. Encontrando elementos rítmicos e melódicos em comum, o mashuper mistura Rage Against the Machine com Companhia do Pagode, faz um pout pourri dos Beatles mesclado com a musiquinha da Ultragaz. Começamos a ouvir ressabiados e logo nos surpreendemos achando não só engraçado, mas bom musicalmente. A polêmica desse tipo de produção é mexer com clássicos e combiná-los justamente com composições que causam repulsa nos fãs mais puristas. É uma fábrica de heresias.

Seus maiores sucessos (Chapolin Colorado x Racionais MC´s e Super Mario Bros x Caetano Veloso em 8 bits) já foram ouvidos mais de 140 mil vezes, só no Soundcloud. Mas sua última criação é uma maravilha da destruição, vai deixar os fãs do The Strokes de cabelo em pé, com a versão axé de Reptilia. Ouça Reptilícia:

Beastie Boys vs. Racionais MC’s – Voz da Astúcia

O Mashup é uma espécie de remix em que as composições originais são mescladas, com várias possibilidades de mistura. Também conhecida como Bootleg, esse modelo de composição é proveniente do desenvolvimento tecnológico, que facilitou e, consequentemente, vem popularizando a edição de áudio. Em tempos de internet e self-made pra todo lado, qualquer um pode pirar com um software de edição (que são cada vez mais fáceis de usar), baixado em versão pirata, recortar, colar, sobrepor e mixar as faixas que quiser. Como misturar a musiquinha que anunciava a chegada do caminhão da Ultragás com uma seleção de músicas dos The Beatles é algo impressionante:

A técnica foi popularizada com o disco do duo de DJ’s belgas 2MANYDJs, que lançou um álbum em 2002 com músicas híbridas mixadas descaradamente, como Emerson, Lake and Palmer com Basement Jaxx, Peaches com Velvet Underground. A proposta foi criticada e combatida publicamente por ícones do sample (técnica de mixagem que utiliza um trecho, um loop de música para compor outra) como Beastie Boys, Beck, Missy Elliott, Chemical Brothers. Mas o público não quis nem saber dessa briga e espalhou-se a novidade por pick-ups do mundo todo. Pior, pretensos DJ’s de toda parte gostaram da brincadeira. Munidos de um PC razoável e muita criatividade, cada maluco busca em seu acervo as misturas mais inusitadas possíveis. Veja que beleza esses dois Mashups de Raphael com Roberto Carlos:

Roberto Carlos e Blondie (Unheard of Glass)

Ramones (Blitzkrieg Bad) e Roberto Carlos

Visite o site do artista e conheça mais de seu trabalho, que já foi veiculado na MTV (a música em 8 bits do Caetano Veloso era usada como vinheta): https://soundcloud.com/bertazi/

De brinde, só para não ficar com raiva só de Raphael, aos mais radicais defensores do som original, vejam dois mashups heréticos fantásticos com vídeo. O primeiro mistura Nirvana com “The Final Coutdown” do Europe:

Agora uma mistura tão absurda quanto perfeita entre Staying Alive (Bee Gees), a música título do filme Rocky, com o clássico do Pink Floyd, Another Brick in the Wall:

Sobre Adriano Dias

Adriano Dias é um dos idealizadores do projeto, articulista e mergulhador no "mar de signos" em busca de formas curiosas e relevantes de cultura. Também leciona literatura, gramática e técnicas de redação como profissão.

Um comentário

  1. Muito massa! Incrível essa sobreposição de duas músicas, sem descaracterizá-las. Obrigado pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top
sudo rpm -Uvh http://yum.newrelic.com/pub/newrelic/el5/i386/newrelic-repo-5-3.noarch.rpm